Tecnologia e lawtechs agilizam processos na Justiça

Tecnologia e lawtechs agilizam processos na Justiça

Tecnologia e lawtechs agilizam processos na Justiça

A justiça brasileira não é das mais rápidas, de acordo com um levantamento do Banco Mundial, o Brasil ocupa a 30º posição em 133 países em termos de agilidade dos processos no judiciário. E não é por menos, atualmente existem cerca de 80 milhões de processos rolando na Justiça.

Com o objetivo de melhorar eficiência dos advogados e dos grandes escritórios de advocacia, diversas novas empresas de tecnologia focadas no mercado jurídico têm surgido nos últimos anos. Conhecidas como Lawtechs ou Legaltechs, essas empresas estão explorando um mercado que tem muito a crescer no país.

O advogado Antônio Maia criou um software para digitalizar documentos, após ver a boa aceitação do produto, ele resolveu investir ainda mais no mercado. Em 2015 ele convidou o engenheiro de computação Derek Oedenkoven para a criação de um software que permitiria que os advogados trabalhassem de maneira mais eficiente.

Para utilizar o software o usuário precisa pagar por uma mensalidade de R$19,90 e o funcionamento é bem simples: basta o advogado digitar seu número de registro na OAB que o software busca todos os processos que ele está envolvido no banco de dados do Tribunal de Justiça e no Diário Oficial da União.

Bruno Gomes, um advogado que utiliza o software, afirma que o mesmo permite que ele ganhe tempo pois, ele não precisa aguardar publicações do Diário Oficial, uma vez que o software avisa com antecedência caso alguma contestação seja protocolada. E no mundo da advocacia, o tempo é essencial para que se possa estudar e entregar documentos bem elaborados relacionados ao processo.

O software possui versões compatíveis com os smartphones o que permite o rápido acesso independente de onde o advogado esteja. A empresa de Antônio Maia, agora quer criar um robô assistente para os advogados brasileiros. A ideia não é a substituição do advogado, mas sim uma ferramenta que o auxilie, permitindo uma maior produtividade e eficiência. Dessa maneira o advogado conseguirá atrair cada vez mais clientes.

Imagem do perfil do programador
Thiago Martins
Empreendedor em Thiago Programador. Tem formação nas áreas de Computação, Análise e Desenvolvimento de Softwares e Programação POO PHP, além de certificação para desenvolvimento de aplicativos móveis.
Google +
Minha página no facebook: Facebook
Associado Amazon